Chat


Get your own Chat Box! Go Large!
Tenham bom senso e responsabilidade com o que está sendo dito, com bom uso e principalmente, tendo em mente que TODOS deverão ser respeitados em suas diferenças, inclusive de opinião. Assim, nenhum usuário precisará ser bloqueado. O conteúdo da conversa, deve ser relacionado aos temas do blog.
É proibido o uso de nicks com nomes de Entidades, Cargos do Tipo Pai, Mãe, Ogan etc. ou Orixás, ou nicks considerados como insultuosos ou ofensivos.
É proibido insultar ou ofender qualquer utilizador deste chat. Respeite para ser respeitado.
Não informe dados pessoais na sala de chat, tais como E-mail,
Nº de telefone.
Esse tipo de informação deve ser em conversa privada com o membro, pois o Blog não se responsabiliza por quaisquer dano e/ou prejuízo.
Ao menos uma vez por semana, estarei presente e online para quem quiser conversar, compartilhar algo e/ou trocar idéias.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Tô Menstruada... Posso Participar da Gira?


Vamos falar sobre um assunto que ainda nos dias de hoje causa inúmeras divergências filosóficas entre casas de umbanda, a menstruação e a prática umbandista.
Ao falar sobre menstruação, falamos sobre mais uma infeliz herança, mal fundamentada do candomblé e dos cultos de nação e da lamentável mania de algumas casas de umbanda misturarem em seus trabalhos, fundamentos que não são nossos, lendas que afirmam que mulher menstruada se torna impura e imprópria ao trabalho mediúnico e infelizmente muitas casas retrógadas afirmam que durante este período elas atraem espíritos negativos e vampirizadores, também se cultua a lenda que certos exús, por não resistirem ao cheiro de sangue podem atacar, atrapalhar e ou possuir a adepta que esteja no culto...Ó meu Deus...
Prá quem me conhece, sabe que eu ignoro e abomino qualquer culto ancestral mal fundamentado ou embasado em superstições e lendas.
Mas vale lembrar que não estou questionando se há ou não proibições ou mitos nos cultos africanos, mas é de total certeza que estes sofreram influências e modificações no decorrer dos tempos e todo ensinamento repassado de forma oral, fica a mercê de determinadas interpretações e boatos, fato que degrada veementemente todo o conhecimento original né?
Algumas opiniões:
* Se uma mulher atrair espíritos ruins e vampirizadores durante um trabalho ou gira, é porque a segurança da casa falhou e a egrégora não estava ideal, não porque ela estava menstruada.
* Se um exú de lei ou guardião vier á atrapalhar uma médium por ela estar menstruada e ele não resistir ao cheiro de sangue, cuidado, existe um ‘’Conde Drácula’’ ao invés de exu em seu terreiro.
Dizer (como eu vi um pai de santo explicando num grupo do Facebook esses dias...) que ela se tornará alvo de exus...ora me faça o favor, não misturem crenças nem fundamentos, somos umbandistas e qualquer ligação ou sacrifício com sangue para nós é irrelevante, afinal não condiz com o nosso culto original.
Concordo que, para alguns procedimentos internos, auxiliar em determinados ritos ou mesmo tocar em alguns objetos ritualísticos do terreiro a mulher possa não estar apta, afinal está ‘’eliminando impurezas de seu corpo’’ mas quanto aos demais trabalhos e obrigações, está totalmente apta.
Se há atrapalhos para a mulher durante o período menstrual?; obviamente que sim, dependendo de como está o fluxo menstrual pode vir á ter uma saia ou calça manchada e demais desconfortos atrelados á essa situação, pode sentir algum tipo de mal estar, tontura ou enjôo durante os trabalhos por ficar de pé durante algumas horas e estar perdendo sangue e por ter uma certa quantidade energética sendo utilizada por seus guias e mentores, mas daí a se dizer que ela se torna imprópria ao trabalho mediúnico e á prática caritativa é no mínimo absurdo, obsoleto, arcaico.
Não existe impureza, quizila, castigo , proibição e nenhuma outra bobagem ligada ao fato de uma médium estar em seu ciclo menstrual e trabalhar com seus guias.
Lamentável, deprimente e de certa forma machista é o fato de algumas escolas umbandistas ainda se apegarem a lendas infundadas, sem embasamento filosófico e proibirem as mulheres de participar dos giras durante este período.
Portanto macumbeiras de todas as vertentes, trabalhem á vontade em seus períodos menstruais, apenas se alimentem corretamente antes de ir ao gira...

Nenhum comentário:

Postar um comentário